Posts Tagged ‘Estrupo’

Para sua coleção-Jun/19

30 de junho de 2019

RASHOMON

Um dos filmes favoritos do crítico Rubens Ewald Filho, a quem tive o prazer de conhecer pessoalmente e que deixará um grande legado para os críticos e apreciadores de cinema no Brasil. 

 

A Versátil apresenta Rashomon, a obra-prima do mestre Akira Kurosawa e um dos maiores filmes de todos os tempos. Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e do Leão de Ouro no Festival de Veneza, Rashomon foi um dos principais responsáveis pela divulgação do cinema japonês no ocidente. Esta Edição Definitiva apresenta o filme em versão recentemente restaurada e quase duas horas de extras inéditos, incluindo uma apresentação de Robert Altman e um excelente documentário sobre a produção.

Um camponês, um lenhador e um sacerdote se refugiam de uma tempestade nas ruínas do Portão de Rashomon, no Japão do século 11. O sacerdote e o lenhador descrevem ao camponês um julgamento do qual foram testemunhas – do assassinato de um samurai e do estupro de sua mulher. Em flashback, o julgamento é contado por meio dos relatos divergentes e dúbios de quatro testemunhas.

 

Distribuição – Versátil

Ano de lançamento – 2014

Fotos

 

Filme do mês – Março / 17

6 de março de 2017

TERRA FRIA – 2005

No dia internacional das mulheres, conheça uma história real de luta contra o assédio à mulher.

Direção – Niki Caro

Nos anos 70, Josie Aimes foge do marido para trabalhar em uma mina na sua terra natal. Só que ela e suas demais colegas de trabalho começam a sofrer moléstia dos homens do local, o que a leva a mover o primeiro processo por assédio sexual dos EUA.

Elenco

Fonte: www.cineplayers.com

Principais prêmios e indicações

Oscar (2006)

  • Indicado nas categorias de Melhor Atriz (Charlize Theron) e Melhor Atriz Coadjuvante (Frances McDormand).

Globo de Ouro (2006)

  • Indicado nas categorias de Melhor Atriz – Drama (Charlize Theron) e Melhor Atriz Coadjuvante (Frances McDormand).

Fotos

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Filme do mês – Setembro / 15

21 de setembro de 2015

O SOL É PARA TODOS  – 1962

Direção – Robert Mulligan

Robert Mulligan

 

Sinopse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Baseado no romance To Kill a Mockingbird de Harper Lee, é um filme de tribunal que apresenta, sob a ótica de duas crianças, preceitos básicos como a ética e a dignidade. Mockingbird é um pássaro americano.

Após a Crise de 1929, os habitantes da pacata Maycomb, no Alabama, são na grande maioria pequenos agricultores. Em 1932, vivem ali os irmãos Jem e Scout Finch, órfãos de mãe criados pela babá negra Calpurnia e o pai Atticus Finch, advogado íntegro e respeitado na cidade, que atende gratuitamente aos mais pobres. A infância dividida entre a escola e as fantasias acerca do vizinho, o “malvado” Sr. Radley, cede espaço ao contacto com a discriminação quando seu pai resolve defender o negro Tom Robinson, acusado de ter estuprado uma moça branca. A conservadora cidade se volta contra ele, apesar da inocência do rapaz ser evidente.

Elenco

 

Principais prêmios e indicações

Globo de ouro (1963)

  • Prêmio de melhor ator-drama (Gregory Peck), Melhor Trilha Sonora Original,  Melhor Filme de Compreensão Internacional.
  • Indicado na categoria Melhor Filme-Drama.

Oscar (1963)

  • Prêmio de melhor ator (Gregory Peck), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção de Arte – Preto e Branco.
  • Indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora, Melhor Atriz Coadjuvante (Mary Badham).

American Film Institute

  • Um dos 100 melhores filmes americanos de todos os tempos
  • O personagem Atticus Finch, vivido por Gregory Peck, foi eleito em 2003, através de pesquisa do American Film Institute como o maior herói do cinema americano de todos os tempos.

 

 

Fotos

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Filme do mês – Fevereiro / 15

16 de fevereiro de 2015

RASHOMON  – 1950

Direção – Akira Kurosawa

Akira Kurosawa

 

Sinopse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O filme descreve um estupro e assassinato através dos relatos amplamente divergentes de quatro testemunhas, incluindo o próprio criminoso e, através de um médium (Fumiko Honma), a própria vítima. A história se desvela em flashbacks conforme os quatro personagens — o próprio bandido (Toshiro Mifune), o samuraiassassinado Kanazawa-no-Takehiro (Masayuki Mori), sua esposa Masago (Machiko Kyō) e o lenhador sem nome (Takashi Shimura) — recontam os eventos de uma tarde em um bosque. Mas é também um flashback dentro de um flashback, porque os relatos das testemunhas são recontados por um lenhador e um sacerdote (Minoru Chiaki) para um grosseiro plebeu (Kichijiro Ueda) enquanto eles esperam por uma tempestade em uma portaria arruinada. Cada história é mutuamente contraditória, deixando o espectador incapaz de determinar a verdade sobre os eventos.

Elenco

 

 

Principais prêmios e indicações

BAFTA (1953)

  • Indicado na categoria de melhor filme de qualquer origem (Japão).

 

OSCAR (1952/1953)

 

National Board of Review (1951)

  • Venceu nas categorias de melhor diretor (Akira Kurosawa) e melhor filme estrangeiro (Japão).

 

Festival Internacional de Cinema de Veneza (1951)

 

 

Fotos

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.E

Filme do mês – Janeiro / 15

16 de janeiro de 2015

 

INVERNO DE SANGUE EM VENEZA  – 1973

Direção – Nicolas Roeg

Nicolas Roeg

 

Sinopse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Algum tempo depois da morte trágica da filha, o casal inglês John e Laura Baxter viaja até Veneza. A causa da viagem foi um trabalho aceito por John, o de restaurar uma antiga igreja católica localizada naquela cidade. Laura conhece duas irmãs escocesas idosas, Heather e Wendy, quando uma delas se diz vidente e afirma ter visto a filha falecida ao lado dela e do marido quando eles jantavam em um restaurante. Laura se convence de que a mulher diz a verdade quando descreve a capa de chuva vermelha que a menina vestia quando sofrera o acidente fatal. Laura conta às mulheres que o marido correra até a filha na hora do acidente e elas acham que ele também tem dons mediunicos. Laura volta a se encontrar com as irmãs, contrariando o marido, e elas lhe avisam que o homem corre perigo. Enquanto isso, ocorrem vários assassinatos na cidade e a polícia desconfia de que um assassino serial está agindo nas ruas..

 

Elenco

  • Julie Christie…Laura Baxter
  • Donald Sutherland…John Baxter
  • Hilary Mason…Heather
  • Clelia Matania…Wendy
  • Massimo Serato…Bispo Barbarrigo
  • Renato Scarpa…Inspetor Longhi
  • Adelina Poerio

 

 

Principais prêmios e indicações

BAFTA (1974)

  • Venceu na categoria de melhor fotografia.
  • Indicado nas categorias de melhor filme, direção, ator (Donald Sutherland), atriz (Julie Christie), montagem e trilha musical.

 

Fotos

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

 

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.

Esta imagem é de propriedade de seus respectivos produtores.